your language


". . . . Essas palavras tristes e desorganizadas escondem as lágrimas que eu espero que tu nunca vejas . . . ."







domingo, 19 de junho de 2011

such a lonely day II

 
Queria muito ficar e deixar-me andar mas não posso. É impossível, estou de partida. Todos os momentos são escassos, todos os passos caminham para o precipício, todos os gritos ecoam num infinito, que tem limite. Mas eu não vou continuar, estou farta, desgastada como uma velha rocha. Chega. Basta. Vou dar uma volta, atirar-me dali para baixo e renovar-me, modificar-me, nascer de outra maneira, numa outra altura, noutra época, desprendida de tudo e de todos; vou largar os preciosismos da vida que afinal nem são assim tão precisos e partir à aventura de uma outra vida que ainda não é minha mas será um dia, não agora, mas será. Até lá, contam-se as estrelas no céu, diz-se 'olá' ao vizinho despreocupadamente, ouve-se música e fingi-se que tudo está okay, sorri-se aos olhos dos outros e continuamos com o obscuro dentro de nós, até voltarmos a ver luz, não sei quando, também não estou preocupada.  



(Até lá continuo a estudar, como sempre. Até breve)

6 comentários:

  1. Espero que chegue rápido essa nova fase, contigo renovada e sorridente não só por fora mas por dentro também :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Nunca te esqueças que estou aqui, para o que precisares! ;)

    Beijinho Grande!

    ResponderEliminar
  3. Que esta fase passe, e você volte RENOVADA e ILUMINADA!!!

    Paz e Luz!!!

    ResponderEliminar
  4. Tenha um Feriado Iluminado!!!
    Paz e Luz!!!

    ResponderEliminar
  5. Está perfeito *.*
    Não te preocupes, tudo vai dar certo depois de dar errado (;

    ResponderEliminar